VANDALISMO = Genocídio da população negra e indígena (Racismo). Feminicídio. Lesbofobia. Homofobia. Pornografia. Prostituição. Pedofilia. Exploração da mão de obra de trabalhadores. Trabalho Escravo…

Eu sei que você não aprendeu isso com seu papai, professor ou patrão. Não é o que ensinam no lar das “famílias de bem”, nem nas escolas e Universidades.
Eu sei que você não dá a mínima para a vida de pessoas negras e indígenas mortas diariamente pelo Estado.
Eu sei que você não se importa com a vida das mulheres que morrem tentando fazer um aborto clandestino, com a vida das que se prostituem pra poder comprar COMIDA e sustentar os filhos. Eu sei que você está pouco se lixando pras mulheres que apanham do marido/namorado, ou são mortas por eles. Eu sei que você caga pras que são estupradas diariamente, tendo suas vidas destruídas, ás vezes por um membro da própria família.
Eu sei que você não liga pras lésbicas e gays que apanham e são mortos na rua por amar alguém do mesmo sexo. Eu sei que você não se importa em comprar sua maconha sagrada, e muito menos de onde ela vem.
Eu sei que você não liga se sua roupa de marca está envolta em sangue de trabalhadores escravos. Eu sei que você NÃO SE IMPORTA COM A VIDA dessas pessoas.

Mas se tem algo que você não sabe, mas PRECISA aprender, é que o PATRIMÔNIO mais importante, são as VIDAS DESSAS PESSOAS.

 

Ninguém liga se policiais (“gente de bem”), atiram 111 vezes contra a vida de 5 jovens negros e periféricos dentro de um carro.

 

Ninguém liga quando 33 homens estupram uma mulher e filmam o ato

 

Ninguém liga se matam uma mulher negra de 19 anos, e arrancam um bebe vivo de dentro da barriga dela

 

Ninguém liga se alguém chega numa boate LGBT e atira e mata 50 pessoas, e deixa mais 53 feridas

 

Ninguém liga pra 12 crianças periféricas, maioria do sexo feminino e negras, que foram assassinadas a tiros enquanto estudavam numa escola na periferia do Rio de Janeiro 

 

Ninguém liga pra uma lésbica negra morta depois de tanto apanhar e ser torturada pela policia por ter cometido o “grave crime” de ter nascido preta, pobre, mulher e lésbica

 

 

“Verdade. Instituições Bancárias, Repartições Públicas não podem e nem devem ter a sua integridade física afetadas. Ainda mais por ESSA GENTE, que ninguém se importa.”

Afinal, o que será de “nós” não é mesmo. Sem o “nosso” precioso PATRIMÔNIO?

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here