Marca de cerveja lança comercial com quebra de padrões de esteriótipo

Na semana passada a marca de cerveja Skol apresentou um comercial em que diversas pessoas: altas, baixas, gordas, magras, negros, brancos, jovens e velhos estão tomando cerveja no comercial, quebrando aquele estereótipo de mulheres magras e saradas que ainda são fetichizadas nos comerciais de cerveja.

Percebo que a marca entendeu que para vender cerveja não é preciso apresentar mulheres fazendo poses sexy de biquíni ou homens dando em cima de moças, e sim oferecer um produto qualidade.

Uma segunda visão desta atitude da marca é adaptação do capitalismo as novas pautas que estão em “alta” na sociedade, apesar disto acho super válida a atitude da marca de parar de reduzir mulher a biquíni, corpo magro e bunda.

É interessante como a marca abrangeu muitas pautas em um comercial pequeno, colocando mulheres gordas, negras, de cabelo black, sucintamente colocando pessoas normais, e estimulando que elas se mostrem com a seguinte frase: “A vida é longa e o verão é curto. Você tem espelho em casa? Então sai de casa! Vê se se enxerga”.

Lê, 20, paulista. Criadora da página TODAS Fridas.

Deixe uma resposta