O sonho de toda mulher é se casar, ter filhos, cuidar da casa, ser uma boa esposa, ter uma aparência perfeita e ser submissa ao seu marido.
 
É, definitivamente esse não é o sonho de todas. Porém, nas décadas de 50 e 60 ter todos esses requisitos era o sonho da maior parte das mulheres. No filme “O sorriso de Monalisa” retrata inteiramente toda essa sociedade conservadora e machista. Katherine, personagem interpretada pela atriz Julia Roberts no filme, era umas poucas que questionavam o machismo. Além de também ferir todos esses esteriótipos conservadores.
 
Nas décadas de 50 e 60 ser mulher era extremamente difícil, pois além de ter que ser perfeita para a sociedade e para seu marido umas das obrigações era fazer tudo em prol do casamento. Suportar brigas, traições, ordens e abusos. “Destruir” a família não era uma opção.
 
Ao longo do tempo as mulheres vem quebrado essas barreiras e conquistando seu espaço. Os papéis vem se equilibrando, porém ainda se tem muito o que conquistar. As mulheres ainda são vítimas constante do machismo na sociedade.

2 COMENTÁRIOS

  1. Ainda temos muito disso na atualidade, o que é uma pena, mas seguimos na luta e cada vez mais nossa voz se torna mais forte! Sonhamos para que nossas filhas, netas, e assim adiante, possam ter um futuro digno e que não haja repressão ao escolherem o que acham melhor para si. Muito bom post, não podemos nunca nos esquecer das marcas da década de 50 e 60 🙂

  2. se ver defendendo o feminismo aos 14 anos é maravilhoso e ao mesmo tempo muito triste, pois no decorrer desses poucos anos de vida sofri muito dentro dessa sociedade machista e sem sentido, espero que quando eu tiver meus filhos isso já tenha acabado, pq não vou suportar uma filha minha passando por esse padrão ridículo imposto pela sociedade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here