Uma criança de 12 anos denunciou por meio de uma carta que seu pai estuprava suas irmãs, de 11 e 15 anos, na região de Araguaiana, Mato Grosso. A professora encaminhou a carta a Polícia militar e ao conselho tutelar nessa quinta-feira (23).

O homem de 40 anos foi preso e autuado, ele nega os abusos, mas exames já confirmaram.

Na carta a menina relata que seu pai é ruim, que as permite tomar bebidas alcoólicas, mas não a ter amigos. Ela também diz que sua irmã de 15 anos está com o olho inchado, pois passou a noite toda acordada e foi estuprada. No fim da carta ela “Jura por Deus” e fez um desenho do homem preso, dizendo que isso é tudo que elas querem.

De acordo com a PM as crianças já eram monitoradas pelo conselho tutelar após denuncias de  maus-tratos, mas o pais das vitimas não permitia visitas ou que os conselheiros se aproximassem.

Moravam sozinhos com o homem as três meninas de 11, 12 e 15 anos, além de um menino de 14. A mãe das crianças está presa por tráfico de drogas, duas das crianças moravam com ela anteriormente.

“Conversamos com a adolescente de 15 anos e com a criança de 11 e elas confirmaram os abusos. A menina de 15 anos tomava anticoncepcional fornecido pelo pai. Ele já a molestava há anos. Encaminhamos as meninas para exames que confirmaram os abusos”, afirmou o delegado.

O homem foi autuado por abuso de vulnerável, está preso na Cadeia Pública de Barra do Garças. As crianças foram encaminhadas para um abrigo e estão até então sob a guarda do conselho tutelar que está buscando algum familiar que possa ficar com elas.

3 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here