O peso de ser Mulher Mãe

Você pode ser mãe que dorme tarde pra deixar a casa limpa, a comida pronta e a bolsa da creche organizada pro dia seguinte.
Mas não pode ser a mulher que dorme tarde porque saiu com o boy.

Você pode ser a mãe que passa horas cozinhando as melhores refeições pra criança.
Mas não pode ser a mulher que decide sair uma noite pra jantar em paz.

Você pode ser a mãe que abre mão daquela oportunidade de emprego maravilhosa pra ficar com os filhos.
Mas não pode ser aquela mulher que deseja ter um tempo pra si antes de decidir a carreira profissional.

Você pode ser a mãe que vira a noite com o filho doente.
Mas não pode ser a mulher que vira a noite na balada.

Você pode ser a mãe que trabalha fora pra botar o dinheiro em casa, ajudar a manter o sustento da família e a educação do filho.
Mas não pode ser a mulher trabalhadora que deseja comprar um vestido e pintar o cabelo.

Você pode ser uma mãe que dorme pouco pra amamentar em livre demanda.
Mas não pode ser uma mulher que dorme pouco pra aproveitar a vida.

Você pode ser mãe solo e se virar pra criar filho sozinha porque é sua obrigação enquanto mãe.
Mas não pode ser mulher independente e solteira porque não fica bem aos olhos da sociedade.

Que nesse 8 de março possamos olhar as mulheres mães para além da maternidade.
Mãe só é mãe se for mulher, não existe mãe homem.
Hoje o dia também é nosso!

Mulher, feminista, de esquerda, trabalhadora, dona de casa, esposa e @maezinhadocadu

Deixe uma resposta