Você já parou para reparar como as pessoas romantizam o perdão?

É bonito perdoar, o ideal seria que todo mundo perdoasse todo mundo e a gente vivesse feliz pra sempre, certo? Mas ninguém fala sobre como perdoar é um processo.

Às vezes demora uma vida. Veja bem, existe uma diferença enorme entre perdoar e remoer. Deixar de remoer faz bem para a saúde. Tudo bem se você não consegue perdoar agora, você pode ter o seu tempo para isso, mas ficar martelando também não é uma boa. Lide com isso no seu tempo, mas sem se forçar. Um dia talvez a dor tenha passado e quando você lembrar o que aquela pessoa fez talvez perceba que conseguiu superar.

Essa obrigação em perdoar rápido, perdoar na hora, abraços e lágrimas, espetáculo público, para você chegar em casa e voltar a remoer, é um saco.

As pessoas pressionam você a perdoar, a “superar do dia pra noite”, enchendo você de culpa sobre porque “você é um ser humano tão inferior que não consegue perdoar”, tentam fazer você se sentir culpada pelas merdas delas.

E esse ciclo de culpa vai criando uma bola de neve tão grande, que um dia você começa a achar que o problema é só com você, que não deu certo porque você fez algo errado, que a outra pessoa não foi recíproca porque você não demonstrou o bastante, que o outro te magoou porque você abriu brecha.

A sociedade romantiza o perdão porque não quer que você se perdoe, pra que você possa continuar perdoando e desculpando todo mundo, pra que você “uma mulher valente com um coração de ouro” possa carregar todo mundo nas costas. Mas a verdade é que ninguém mais merece perdão tanto quanto você.

A sensação de esgotamento mental feminino coletiva que vivemos é por causa de toda uma existência em que nos obrigam a ser “mães do mundo”. É como se eles pintassem um alvo gigante nas nossas costas e a gente tivesse que aguentar aqueles dardos furando a nossa pele dia e noite, sem nem saber o motivo, apenas porque “que incríveis seres fortes são as mulheres que suportam tudo”. Nunca acredite em quem elogia sua força desrespeitando o seu direito de tirar um tempo para você às vezes. Você pode e merece descansar, não só o seu corpo, como a sua cabeça. Você pode e merece tirar da sua vida a qualquer momento quem for tóxico.

Respire.

Ninguém merece mais um abraço e um pedido de desculpas do que você de você mesma. Ninguém merece mais aprender com os próprios erros e se dar a chance de tentar de novo do que você.
Você não é uma máquina de perdão e seu peito não é a prova de balas pra suportar tanta mágoa. Perdoe-se.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here